segunda-feira, 2 de março de 2009

Colégio das Artes

"É algo de inédito na universidade portuguesa, a articulação do trabalho de investigação e ensino estritamente académico e ligar isto à prática artística contemporânea, trazendo para aqui grandes nomes da arte nacional e internacional", afirmou Abílio Hernandez Cardoso, director do Colégio das Artes, uma recém-criada instituição da Universidade de Coimbra. A notícia é do Público.

1 comentário:

  1. Estes senhores julgam que recuperam a designação quinhentista do Colégio das Artes, mas só mostram a sua ignorância cultural, pois o jesuítico Colégio das Artes, anexo à capela da Companhia de Jesus (actual Sé Nova) , era um Colégio de Artes Liberais, se é que estes senhores sabem o que isso é. O meu diploma de licenciatura na Faculdade de Letras da UC ainda diz que sou licenciado na "Liberalium Artium Facultate". Estas artes plásticas, cinematográficas, teatrais, etc. nada têm a ver com as prestigiadas Artes Liberais. Chamem-lhe Escola Superior de Artes ou outra coisa qualquer, mas não Colégio das Artes: este tem patente do séc. XVI. Ó Coimbra, onde vai a tua ignorância! O que é feito dos teus tempos gloriosos? Que é feito da tua Plêiade de mestres ilustres? Quando hoje, pelo que ouço dizer a alunos meus, se estuda o Rock ou as tatuagens e os piercings em cadeiras específicas da Fac. de Letras, e há professores a publicar poesia barata, julgando-se o supra-sumo da cultura internacional - títulos de obras poéticas como "Cras! Bang! Boom! Clang!" dizem tudo... - pergunto para onde irá esta Faculdade? Será que se passa o mesmo nas outras Faculdades? Ó Coimbra, ó Coimbra... onde estás

    ResponderEliminar