segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

João César Monteiro

João César Monteiro faria hoje setenta anos. Nasceu a 2 de Fevereiro de 1939, tendo falecido a 3 de Fevereiro de 2003. Teria eu 16 anos quando fui ao Cinema King, acompanhado de irmão e prima, ainda mais novos, ver A Comédia de Deus. À saída, encontramos o João César encostado ao balcão do bar, olhando-nos como se ainda estivesse dentro do filme. A partir desse dia, a minha ideia de cinema (e de Portugal) nunca mais foi a mesma. A ele, por isso.

3 comentários:

  1. "olhando-nos como se ainda estivesse no filme" essa está sublime no entanto esse "olhar" pode ter resultado perturbador...

    ResponderEliminar
  2. Por acaso apanhei o João César Monteiro no King Triplex por várias vezes.

    Numa delas entreteve-se a descolar o cartaz de um filme seu. Até que a arrumadora o viu e lhe chamou a atenção, sem o reconhecer:

    --- O que é que o senhor está a fazer? Vai descolar isso?

    Ele pensou um pouco, parou a descolagem e voltou a colar o cartaz.

    --- Não. Vou deixar estar.

    Virou as costas,meteu as mãos nos bolsos e subiu as escadas.
    (Estava próximo da Sala 1).
    A arrumadora foi chamar o projeccionista, que ainda o viu a subir as escadas. E disse, com um ar descansado:
    --- Oh! é o realizador maluco...

    ResponderEliminar
  3. Luis que recordaçao bonita, obrigada para ter-a partilhada conosco.

    Queria informa-vos de um projecto em desenvolvimento para homenagear o grande Mestre.

    “Homenagem aos 6 anos da morte do grande Mestre”

    www.joaocesarmonteiro.net

    Nasceu o primeiro portal oficial dedicado ao Mestre João César Monteiro, um dos maiores realizadores portugueses do cinema vanguardista da década de 60 do Novo Cinema.
    O objectivo principal será criar uma plataforma virtual onde se promovem debates relacionados com o tema, que contarão com a participação de profissionais de cinema, investigadores e amadores da área.
    Criar, através do portal, um ponto de ligação internacional de estudo sobre a figura de Monteiro, inédito em Portugal e no mundo.
    O web site disponibilizará o material completo sobre a obra do Mestre, em qualquer lado do mundo à distância de um clique.
    Em breve, será possível consultar os guiões manuscritos e dactiloscritos, digitalizados dos originais em posse da família; fotografias e escritos vários que serão consultáveis de forma completamente gratuita através do web site. O portal, em contínua actualização, terá também uma base dados completa da biblioteca e fonoteca particular de João César Monteiro.

    ResponderEliminar