sábado, 14 de fevereiro de 2009

[correntes 2009] sábado de manhã

o sábado de manhã é o momento mais lento das correntes. o mundo em que nos espreguiçamos mais devagar, sabendo que as coisas se aproximam do fim. é também o momento de saborear a forma de se respirar nesta cidade, neste encontro. o momento de saber que podemos sorrir ao estar aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário