sábado, 14 de fevereiro de 2009

[correntes 2009] ei-los que chegam

sim, continuam a chegar. ontem ao final foi a vez do gonçalo m. tavares, que me pediu ajuda para conhecer alguns dos brasileiros que por cá estavam. como sempre, amável e interessado nas coisas que se vão fazendo, pequeninas. à noite, na mesa, brilhou. há um pedacinho de todos nós que adoraria ser como o gonçalo m. tavares.

Sem comentários:

Enviar um comentário