sábado, 14 de fevereiro de 2009

[correntes 2009] há boatos e boatos

durante o encontro, vão surgindo notícias sobre o mercado editorial. independentemente de quem o tenha revelado ao público, percebe-se que essa notícia fez um caminho, de alguém que sabia, até alguém que se sentiu à vontade para o divulgar. algumas caras não escondem a insatisfação com essa história. a verdade é que algumas pessoas aqui presentes estão sob uma pressão inaceitável: existe uma necessidade de mostrar serviço e apresentar resultados que, mais tarde ou mais cedo (e isto era uma coisa que já o ano se previa) iria criar algum mau ambiente. que essas pessoas se sintam insatisfeitas com a posição em que a evolução do mercado as colocou, é algo que eu, tal como elas, lamento. que não tenham a capacidade de o digerir convenientemente, é algo que nos faz, a todos, perder um pouco.

Sem comentários:

Enviar um comentário