segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Imitação de Andrés Pasavento

esta semana tomei a decisão de tomar como minha a identidade abandonada por Andrés Pasavento. Aproveitei as férias de uma amiga em Nápoles para lhe pedir que cantasse "Capri, c'est fini" ao abandonar a ilha vulcânica e comecei a comunicar com o meu aquecedor de halogéneo. Passarei a escrever romances que sofrerão com as comparações com os livros dos grandes escritores, serei um pequeno escritor, ainda assim, visível. Para o riso e o deleite dos seres superiores. Assim serei eu.

Sem comentários:

Enviar um comentário