terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Costa... Oh Costa...

(...)Costa que se precate: não só tem escassíssima obra visível (o episódio anedótico do Cais das Colunas desentaipado por três semanas é sintomático da impotência da câmara) como, ainda por cima, se enfiou voluntariamente em dois buracos políticos que o tornam alvo fácil em campanha.
Um deles é o apoio declarado de José Sá Fernandes, que Costa gostaria de apresentar como um convertido aos seus encantos políticos mas que mais depressa será acusado de vender as suas convicções por um tacho na câmara - e que ainda por cima irá colar o PS ao embargo do Túnel do Marquês, obra que é mérito de Santana e que qualquer lisboeta hoje em dia considera imprescindível.(...)

Leia o artigo todo de João Miguel Tavares

Sem comentários:

Enviar um comentário