quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

acção romântica e revolucionária

Manuel Luís diz que o pai "se viu sem lugar ideológico, porque não queria poder, o poder não era para ele. A tendência revolucionária tinha-se intensificado. Interessava-lhe mais a acção romântica e revolucionária". Foi nessa altura que lhe notou "maior sofrimento".

daqui

Sem comentários:

Enviar um comentário