sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Ler em Setembro

Era disto que eu falava quando duvidei da entrevistada anterior: Eduardo Lourenço enche a Ler de Setembro por todos os recantos, a revista bem que podia ser, apenas, esta conversa entre o pensador e o Carlos Vaz Marques, que todos nós, os doentes da literatura, daríamos 5, 10, 15 euros para poder ler, no recato dos nossos sofás, a revista. Para além disso, saudar a contratação de Verão, Rogério Casanova, que vem ajudar Pedro Mexia na função de trincos da equipa da revista: se com Pedro Mexia tínhamos um Costinha, assim a dar pontapés nas articulações como quem se passeia num jantar diplomático, com Rogério Casanova ressuscitamos o espírito João Pinto do Porto, um homem que bebe o sangue do assassínio só para deixar limpo o local do crime.

Sem comentários:

Enviar um comentário