terça-feira, 12 de agosto de 2008

desliga a televisão

Mesmo tendo tido a sorte de não ter assistido a nenhum dos directos de dia 7, ontem dou por mim a entrar no banco e a pensar, ao ver um homem ao balcão, "está um brasileiro aqui". Foi um dos pensamentos mais idiotas que me passou pela cabeça na última década. No entanto, a força mediática que nos vai impondo, dia a dia, preconceitos culturais, é, pelo menos na reacção mais imediata, bastante mais forte do que as nossas convicções. É por isso que eu odeio as chamadas compras por impulso.

Sem comentários:

Enviar um comentário