quarta-feira, 2 de julho de 2008

Mercearias

Quem a ouve, percebe - a ideia não é mudar o estilo "quero, posso e mando", nem sequer procurar a concertação social, não, o que faz falta, para a Drª Ferreira Leite, é voltar a gerir isto tudo como se fosse uma mercearia. A Direita Portuguesa ainda vive na ilusão da obra do Vovô, da Grande Mercearia do Estado Novo, que durante 48 anos fez e desfez como bem lhe apeteceu. Para além disso, volta a haver um dirigente político de nomeada que assume que a discriminação é necessária, porque os valores da família e tal e coiso.

Se algo mudar, continuamos todos coxos, mas capazes de dar passos para trás.

1 comentário:

  1. essencialmente a senhora deu um grande tiro no pé.

    sócrates agradece, e eu também.

    ResponderEliminar