quarta-feira, 4 de junho de 2008

uma boa pergunta vale mais que mil respostas

Jorge Reis-Sá e a parceria Leya - Casa Fernando Pessoa:



"[...]é preciso dizer as coisas sem medo das palavras: esse protocolo (ou coisa assim) é vergonhoso tanto para a Casa como para a própria Leya. Claro está que a Leya pode patrocinar os programas de TV que quiser. Mas julgo não estar errado quando afirmo que o símbolo citado decorre desse acordo.Tenho a maior consideração intelectual pela Inês Pedrosa. Mas isso não pode impedir que digamos do erro que foi a entrada da Leya na Casa. Entendo que as restrições orçamentais sejam muitas, que o dinheiro não chegue nem para limpar as escadas. Mas não posso aceitar que uma editora, concorrente de todas as outras por definição, concorrente da editora que tem vindo a fazer um trabalho exemplar pela obra do Pessoa (a Assírio) tenha uma posição de nítido privilégio numa casa da poesia que se quer de e para todos. (...)"



Post completo, aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário