quinta-feira, 15 de maio de 2008

Se é para gastar dinheiro à parva, vamos antes ao Eleven...

Duas horas fora do escritório, e mais uma bomba - a Gradiva, depois do abaixo-assinado que promoveu ao início do dia de hoje, sai da UEP.
Existem razões muito fortes para o abaixo-assinado da Gradiva ter todo o sucesso: de facto, são as pequenas e médias editoras quem investe mais (em termos comparativos) na Feira do Livro. Uma estrutura pequena, como é o caso da Livrododia, tem que juntar-se a outras pequenas estruturas, no caso, a distribuidora 90 graus e as suas várias editoras, para conseguir estar na Feira. É um esforço que fazemos, cujo o sucesso nos levanta dúvidas, mas que estamos dispostos a correr para disponibilizar os nossos livros aos visitantes da Feira. Para além desse esforço económico que representa para nós a presença na Feira, tentamos que vários dos nossos autores estejam presentes para sessões de autógrafos, bem como tentem, através dos seus contactos, levar as pessoas à Feira.
Isto não são peanuts, não são números, não são pavilhões inovadores (estou para ver!) - são pessoas, a dar tudo por tudo, para participar na Festa, a suar, a dar as horas que podiam ser descanso, para poderem passear pelo Parque e ver os seus livros ali expostos (Sim, Sr. Isaías, nós vamos à Feira desde pequeninos, nós sabemos o que é um livro do dia...).
Se isso é menos importante que o valor do cheque que poderá patrocinar a reeleição do Sr. António Costa, não sei. A mim custa-me ver a Feira assim deitada pelo Parque abaixo. E reafirmo que não teria mesmo graça nenhuma ver uma feira só do feita de Praça Leya. Ainda assim, a nós, aos pequenos, estas notícias levam-nos a ficar muito perto de desistir. Porque não é possível aguentar a incerteza de haver ou não feira. Porque o esforço que foi feito até agora, pode ter sido em vão. Porque o único resultado prático que isto pode ter, é colocar os pequenos do lado de fora da Feira. Como já foram ficando de fora de vários outros espaços...

1 comentário:

  1. digo-te, dá vontade de procurar uma caçadeira de canos serrados.

    ResponderEliminar