terça-feira, 18 de março de 2008

A via comercial

O meu orientador no exercício da gestão de empresas, diz-me que temos sempre que ser mais duros, que o mais duro possível ainda não é duro o suficiente.

Eu bem tento levar as coisas de um modo mais flexível.

Mas parece-me que, deste lado do mundo, grande parte das pessoas ainda não percebeu o que significa marcar reunião, marcar uma hora para ser recebido, ter o mínimo de bom senso no que toca a preparar as coisas para que a sua função de comercial seja bem acolhida junto dos seus clientes. Grande parte das pessoas ainda pensa que os fornecedores (de livros, é o caso) devem ser recebidos de braços abertos, com grandes sorrisos de saudade.

Simplesmente, eu, não tenho paciência para esse jogo da falta de respeito.

Sem comentários:

Enviar um comentário