quinta-feira, 6 de março de 2008

Relações Tecnológicas: o sapo que nunca mais se transforma em príncipe


A tecnologia não deixa de me espantar. Para cancelar o meu serviço de Sapo ADSL telefonei para o Serviço de Apoio a Clientes (pago a 0,12 €/minuto). Atende-me uma jovem, simpática, que me pergunta o nome, o username, o assunto e anuncia que vai passar a chamada para o sector que trata dos cancelamentos. Passo uns 30 segundos a ouvir publicidade e um outro jovem, um pouco mais atrapalhado, me volta a perguntar nome, username e assunto (mas não se tratava do sector dos cancelamentos?) e quando lhe transmito que pretendo cancelar o serviço, ele começa uma bateria de perguntas sobre satisfação, opções de vida, envios de IRS, amigos interessados e o diabo a sete, isto, claro, pago a 0,12 €/minuto. No final desta conversa a que eu, já um pouco cansado do interrogatório despropositado, o jovem anuncia-me que vou ter que enviar uma carta por correio ou fax a pedir o cancelamento, sendo que o mesmo terá efeito 20 dias após a recepção desse documento. Nessa carta (espanto!), pedem-me que lhes envie nome completo (não têm?), número de contribuinte (não têm?), número de telefone associado à conta ADSL (não sabem?) e username (mas eu já tinha dito duas vezes!). Ah, e não esquecer o pormenor final, perante o qual só posso soltar uma gargalhada: fotocópia frente e verso do meu bilhete de identidade.
Estes senhores há mais de três anos, quando aderi ao serviço, que têm estes meus dados e usam-nos sempre que lhes interessa. À minha conta ADSL está também associada uma conta de e-mail que não se cansam de usar para publicitar tudo o que querem e lhes apetece. Aproveitam as cartas mensais que me enviam com a factura para adicionar mais publicidade. E no fim disto tudo, pedem-me um fax (meu deus, um fax!) (se fosse por correio mais quantos dias não pagaria eu....), para lhes confirmar tudo aquilo que já confirmei a dois funcionários e que poderia fazer via e-mail, pela conta que eles sabem que eu uso, porque me enviam correspondência e pedem sempre sempre relatórios...
E chamam a isto tecnologia...

Sem comentários:

Enviar um comentário