sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Somos todos Sérvios Kosovares

Da mesma forma, todos nós, em determinado momento das nossas vidas, sentimos como uma afronta que alguém que nos é tão próximo se sinta independente de nós.

3 comentários:

  1. Comentário conjunto aos 2 últimos posts: Nem mais...

    ResponderEliminar
  2. Revejo-me mais na personagem Lotika do romance «A ponte sobre o Drina», de Ivo Andric´,que integrada no quotidiano multi-étnico de Visegrad fazia do Hotel zur Brücke uma multiplicidade de lugares onde convergiam muçulmanos, cristãos ortodoxos e católicos, judeus askenazitas e sefarditas,ciganos, imigrantes... E depois, lembro-me, ainda, da utopia cosmopolita de Sarajevo.

    ResponderEliminar