segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Musil


No ípsilon de sexta-feira passada, anuncia-se para a breve a já muito anunciada edição d' O Homem sem Qualidades de Robert Musil, traduzido por João Barrento, pela Dom Quixote. Em vez dos anteriormente previstos 4 volumes, agora anunciam-se 2. Será desta?

1 comentário:

  1. E depois, então, poder regressar à Viena descrente de Musil, e de Canetti, de Broch, de Hoffmannsthal, de Kraus, de Wittgentein, de Freud, e sentar-me nos seus cafés - Herrenhof, Central, Giensteidl, Museum. Entretanto, deixo aqui o convite para partilhar a leitura, demorada, que vou fazendo de Musil [No mais recente post do meu blogue].

    ResponderEliminar