sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

[Correntes d'Escritas] O lugar das coisas


Eduardo Halfon apresentou o livro O Anjo Literário (numa edição da Cavalo de Ferro) dizendo que, pela ordem lógica das coisas, o seu lugar não seria aqui. Nasceu na Guatemala, numa família meio libanesa, meio polaca, e viveu a sua infância numa casa onde não existiam livros nem entrava a literatura. Formou-se em Engenharia e só mais tarde, na sua vida, se apercebeu da força e do poder da palavra literária.

Este seu livro, o primeiro publicado em Portugal, fala da infância de vários autores e da forma como a literatura entrou nas suas vidas. Vai ser o meu próximo companheiro de cabeceira, não tenho dúvidas. Deve-se sempre acariciar e atender a quem, como nós, vive profundamente afectado pela doença da literatura.

Sem comentários:

Enviar um comentário