sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

[Correntes d'Escritas] Maldita bem dita

Tocam os sinos na torre da Igreja
há rosmaninho e alecrim pelo chão
Na nossa aldeia, que deus a proteja
vai passar a procissão





Pelos vistos, sei um poema de cór.

1 comentário: