sábado, 19 de janeiro de 2008

Realidade, 2 - Iniciativas Governamentais, 0

Depois de meses e semanas a limpar terreno, fechando Serviços de Urgência pelo país fora, contando até com a compreensão para o facto de que, este tipo de Serviços, com médias muito baixas de utilização, não têm necessidade de existir, um choque de realidade para o nosso Governo.

Uma morte em Anadia, outra em Carregal do Sal.

Porque não há número que explique melhor o drama da morte do que a própria morte.

(Isto até poderia ser um post sobre teoria da literatura.)

1 comentário:

  1. Não estou aqui a defender ninguém, nem medidas de ninguém, mas porque o sensacionalismo cansa note-se o que disse o pai da criança de Anadia: - Nada Podia ter sido feito, penso que já tenha saído de casa sem vida...

    Só se o hospital ficasse no jardim deles...

    ResponderEliminar