quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Ideias com livros dentro.

Recebo do Brasil a promoção de um livro que teve uma rede de distribuição inovadora: o contrabando.
Explica-se assim: foram escolhidos 60 contrabandistas entre amigos, leitores, professores e a cada um foi entregue 10 exemplares de um livro com o seguinte compromisso:

-Não desperdiçar os livros
-Não os vender
-Entregar esses 10 exemplares para leitores, aos quais nunca chegariam esses livros, seja pela falta de divulgação da literatura na grande mídia, seja pelo preço absurdo do livro no Brasil, seja pelas livrarias blockbusters, seja por todo o sistema das oligarquias editoriais.
O resultado são 600 exemplares de um livro colocados onde nunca chegariam de outra forma. A iniciativa é apoiada pelo Programa de Acção Cultural do Governo do Estado de São Paulo e pode ser consultada aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário