quinta-feira, 19 de julho de 2007

editor editor

17 em 18 editoras inglesas recusaram a edição a um livro enviado por um autor desconhecido. 1 em 18 editoras recomendou ao autor a leitura do livro Orgulho e Preconceito por o achar próximo em algumas passagens ao original recebido.

O problema é que o autor tinha enviado às 18 editoras uma cópia do próprio Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, apenas uma das autoras mais importantes da Literatura Inglesa.

Quem nos conta isso é o El País

Nota: Notícia chegada através do M.J.M.

3 comentários:

  1. Sim, mas alterou o título, o autor (pois claro) e o nome das personagens.
    É triste que quase ninguém tenha verdadeiramente dado uma vista de olhos no livro, realmente.

    ResponderEliminar
  2. De facto é uma tristeza este caso!
    Como é que ninguém percebeu que o livro era o Orgulho e Perconceito de Jane Austen?!
    Um livro espectacular e absolutamente obrigatório de se ler!!!

    ResponderEliminar
  3. Eve,
    porque a Jane Austen (como o nosso Pessoa, o nosso Camões, o nosso...) é mais citada que lida...

    ResponderEliminar