segunda-feira, 25 de junho de 2007

Não há paciência...

Anunciada com pompa e circunstância a inauguração do novo Museu Berardo (sim, sim!), esta prenda que o Governo Sócrates e o seu Ministério da Cultura nos deu, a todos nós, portugueses sem cultura, reparo que, até para uma colecção de arte de contemporânea se recorre ao famoso-enjoativo-desnecessário-idiota- ó-parvo-olhó-balão fogo de artifício... Será isto típico de um país onde tudo é de faz-de-conta?

Sem comentários:

Enviar um comentário