sexta-feira, 15 de junho de 2007

começar

andar à volta de uma história que se entende está quase a começar porque se ouve uma música ou se vê uma imagem na televisão e reconhece-se que algo vem lá, mesmo que pouco adiante perguntar pelo que é, porque nunca se recebe uma resposta directa de algo que ainda é só uma nuvem de indefinição. o problema não é tanto encontrar a história - essas existem desde sempre, não há muito a inventar - o problema é encontrar o formato onde a colocar. já leste milhares de livros, já estudaste durante anos como o fazer, já viveste e pensaste sobre uma série de linhas que poderão ser a primeira desta nuvem que se está a desfazer para se transformar em chuva, sim, mas também em algo mais.

1 comentário: