quarta-feira, 20 de junho de 2007

A Comédia dos Anjos - Adriana Falcão

"Estamos aqui reunidos para rezar pela alma da nossa querida irmã Maria Madalena Rita de Cássia Teresinha de Jesus Santana...", "Teresinha de Jesus é na frente, Rita de Cássia vem depois", Marcelo corrigiu, porém Frei Laurentino resmungou que a ordem dos fatores não alterava o produto, e prosseguiu, "...que acaba de partir desta vida para a vida eterna".
Dona Vera, Dona Violeta e dona Juarezita se benzeram, uma após a outra, como se tivessem ensaiado.
Marcelo abraçou Edith, ela gemeu baixinho e apertou a mão de Artur, que conseguiu engolir o choro.
O ar adocicado de flores provocava certo enjôo, principalmente em quem estava de ressaca.
"Caríssimos irmãos, é preciso ter fé, força e coragem para seguir em frente, acreditando que tudo que Madalena construiu durante a sua permanência entre nós continuará vivo em nossos corações, através de sua lembrança, dos seus ensinamentos, do amor, da generosidade, do desapego, do equilíbrio, da paz e da harmonia que marcaram a sua passagem pela Terra."
– Ele não conhecia a vovó? – Artur estranhou.
– Enterro tem que ser bem triste – explicou Marcelo.
"Na verdade, irmãos e irmãs, a tristeza causada por essa passagem deve se converter em alegria, pois Madalena cumpriu fielmente a sua missão e apenas partiu ao encontro de Deus, nosso pai e criador, para agora habitar em Sua casa."
– Coitado de Deus – Paulo murmurou.
E só então todos perceberam que ele havia chegado, e Artur pulou no colo de seu pai, e Edith ficou ainda mais tonta do que estava, e Marcelo não teve como esconder a raiva.
– Eu posso saber o que é que você está fazendo aqui?
– Eu vim para o enterro da minha sogra.
– Ex-sogra.
– E eu posso saber o que é que você está fazendo aqui?
– Eu sempre estive aqui. Eu moro aqui. Eu não fui embora como você.
– Isso não é da sua conta.
– Você tem um minuto pra dar o fora.
– O enterro não é seu. Infelizmente.
Dona Vera era capaz de repetir esse diálogo, sem mudar uma palavra, sempre que chegava a este ponto da história.
Dona Violeta discordou em alguns pontos.
Dona Juarezita garantiu que foi ela que conseguiu acalmar os ânimos dos dois rapazes, com um comando simples: "calem a boca".
Mas há quem diga que a discussão se estendeu por muito tempo ainda, e que Frei Laurentino foi obrigado a ir aumentando a voz gradativamente, na tentativa frustrada de encobrir os xingamentos dos dois com palavras bonitas e caridosas, mais adequadas a qualquer enterro decente, até concluir dizendo que "Madalena passou desta para uma melhor e descansa em paz eternamente", frase que provocou enxurradas de lágrimas.
Foi problema embaraçoso decidir quais seis homens levariam as alças do caixão.
Paulo foi descartado por vinte e três votos contra dois, e mesmo quem se absteve da votação tinha a opinião de que "se dona Madalena estivesse viva iria odiar que ele levasse o caixão dela", no que Venceslau ponderou: "se ela estivesse viva, não haveria caixão nenhum a ser levado".
Após breve tumulto, o cortejo partiu em direção ao túmulo assim formado: Marcelo na alça da frente, à direita, Artur na da esquerda, em caráter café-com-leite devido à sua pouca idade; e mais quatro amigos do bar, nas alças restantes.
Logo atrás vieram Paulo e Edith, sob o mesmo guarda-
-chuva, o que gerou sussurros e cutucões por parte da platéia.
Todos os vira-latas da zona sul, mesmo os caolhos e os mancos, acompanharam o séquito, compungidos, apesar dos protestos dos funcionários do cemitério.
O caixão de Madalena desceu à sepultura às seis da tarde e ali ficou, ao lado do de Gaspar, flor, terra, cimento, até que a morte os uniu outra vez, enfim sós, e o sol se pôs.

Título: A Comédia dos Anjos
Autora: Adriana Falcão
Editora: Âmbar

12 comentários:

  1. eu quero ler este livro. Obrigada pela partilha :)

    ResponderEliminar
  2. ja li esse livro e é otimoo
    muito boom msm!!!

    ResponderEliminar
  3. celly, liii i recomendo para quem quizer ler!!!

    ResponderEliminar
  4. no estilo do luis fernando verissimo

    ResponderEliminar
  5. tem um outro livro chamado comedia dos anjos e paresse q esse esta mais diferente o incrivel é q a autora do livro é a mesma a Adriana Falcão

    ResponderEliminar
  6. Q DROGA NAUM GOSTEI MAS VALEU A TENTATIVA!!!!

    ResponderEliminar
  7. Adoreii esse livro ele é ótimo!!!

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito desse livro,agora tenho q fazer um resumo dele...

    ResponderEliminar